Visita ao Vocacional, 40 Anos Depois
Luis A. Feitosa
Engenheiro – Turma de 62 – GEVOA

Visita ao Vocacional 40 anos depois
Luis A. Feitosa

Vou contar prá voces, sábado retrasado estivemos no ginásio e vi:
-a sala de ciências, onde Prof. Edison ficou vermelho por conta das cobaias que pintamos com hidrocor. Reyner foi você?
-a casa modelo, o almoço para os professores, com compras no Pão de Açúcar. Na casa da Gloria recebi um pito da D. Nilza, pois ela ficou sabendo que não aprendi a cozinhar, alguém tinha que contar este segredo.
-a cantina, cooperativa dos alunos, prof. Domingos, banho de realidade logo cedo. Tive a oportunidade de lhe agradecer, não importa que 40 anos depois.
-a sala da Glorinha, quis entrar para jurar pra ela e para a D. Maria, mais uma vez, que não era eu quem tirava as fotos da caderneta da Ana Maria, não iam acreditar, mas não pude a porta foi “emparedada”. Devia tê-las tirado pelo menos ficava quites. Ou as tirei ? A dúvida do tempo me perdoaria
-a sala de Inglês, Miss Greiner elegância clássica.
-a sala de Português, eu prestava uma ‘atenção’ na Aury, mas na aula nem tanto, uma explicação pessoal acabava de confundir tudo, ruptura terrível.
-a sala de projeção de áudio visuais. Os mais espertinhos, pegavam na mão. O meu Deus, era muito respeito ou pouca imaginação, talvez esteja desinformado. Quem puder me conte, sem nomes por favor, não vamos complicar.
-a quadra, dancei as melhores danças, as quadrilhas, com as mais lindas meninas, que satisfação ser convidado a dançar com os sonhos. E o Nelsinho jogando hand-ball gols fantásticos, não esqueço. Marcio você era o goleiro? Ai veio o Prof. Helio volley cortadas, altura, velocidade, demais. E o Waltinho, não acertava uma cesta, quanto mais errava mais ria, impossível.
Vi muitas coisa mais, mas vou me poupar um pouco da emoção
Mas eu não vi:
- a quadra de cima, onde dei minhas primeiras raquetadas e tomei gosto pelo tênis . Agora o Celso era imbatível nas corridas. Quando a gente (menino) não se “comportava” bem a Ephigenia dava o castigo – fazer ginástica com as meninas. Realmente ela não sabia das coisas.
-a escada, depois do almoço, papinhos cabeça ou papos cabecinhas, tramas e planos.
-nossos murais, latex neles que merda, merecia um restaurador daqueles de igreja que descobre os tesouros sob as mãos de tinta barata.

Luiz Feitosa

September 15, 2004 3:53

Título do Review

User Rating:

0 ( 8 Votes )